Inscrições para o XVI Prêmio Arte na Escola Cidadã vão até 17 de maio

04/05/2015 16:40

O XVI Prêmio Arte na Escola Cidadã, promovido pelo Instituto Arte na Escola em parceria com o Serviço Social da Indústria (SESI) e com patrocínio do Banco Bradesco é o único prêmio no Brasil e exclusivo na categoria.

Tem por objetivo revelar e reconhecer projetos criados e desenvolvidos por professores de Arte da Educação Básica de todo o País, nas categorias Educação Infantil, Ensino Fundamental 1 (1º ao 5º ano), Ensino Fundamental 2 (6º ao 9º ano), Ensino Médio (1º, 2º e 3º ano) e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Os cinco professores premiados, um em cada categoria, receberão R$ 10 mil, publicações, certificado de participação e troféu, e terão seus percursos pedagógicos registrados em vídeo-documentários amplamente divulgados, inclusive na TV. 

A premiação ocorrerá em São Paulo, seguida de uma vivência cultural. As escolas onde se desenvolveram os projetos receberão, entre outros prêmios, um computador e uma câmera digital.

O Prêmio Arte na Escola Cidadã é voltado para escolas de ensino regular, públicas ou particulares, em pelo menos uma das quatro linguagens artísticas: Artes Visuais, Dança, Música e Teatro. Os projetos são avaliados em três fases por comissões formadas por especialistas em arte e cidadania. Em 2014, foram inscritos 800 projetos vindos de todos os estados brasileiros, sendo os vencedores do Rio de janeiro, Espírito Santo e São Paulo (clique aqui para conhecer os projetos e professores).

“A arte amplia o repertório cultural do indivíduo e a sua leitura do mundo, pelo diálogo com produções de lugares e tempos distintos, desenvolvendo competências imprescindíveis como a reconhecimento de sua identidade e uma compreensão histórico-social da realidade. Além disso, há pesquisas que indicam que a Arte contribui para a diminuição da evasão escolar ao propor novas formas do indivíduo se relacionar com o meio, estimula múltiplas habilidades como o raciocínio lógico e divergente, a intuição e a reflexão sobre questões sociais e pessoais”, observa Clarissa Suzuki, coordenadora de Projetos do Instituto Arte na Escola.

Apesar da importância da disciplina, o cenário preocupa: no Brasil, apenas 6% dos 535.964 professores que lecionam a matéria, de importância capital para a formação do aluno, são formados em Arte, segundo o Censo 2013 do Ministério da Educação.

 

Sobre o Instituto Arte na Escola –

O Instituto Arte na Escola, que tem a Fundação Iochpe como principal mantenedora, é uma associação civil que incentiva e qualifica o ensino da Arte por meio da formação continuada de professores da Educação Básica em todo o Brasil. As ações de formação são oferecidas pelos 47 Polos localizados em universidades e instituições de ensino conveniadas em 22 Estados formando a Rede Arte na Escola. Outras duas frentes de atuação do instituto são a oferta de materiais educativos para o professor em sala de aula e o reconhecimento por meio do Prêmio Arte na Escola Cidadã.

Criada em 1989 pela Iochpe-Maxion S/A, grupo empresarial com atuação nos setores de autopeças e equipamentos ferroviários, a Fundação desenvolve programas nas áreas de qualificação da arte-educação (Instituto Arte na Escola) e formação profissional (Formare) em parcerias com entidades públicas e privadas. Mantendo a educação de crianças e adolescentes como prioridade, a Fundação Iochpe apoia projetos educacionais, ações de investimento social e atividades culturais em todo o país. Os programas educacionais da Fundação têm como objetivo promover o desenvolvimento integral de crianças e jovens, capacitando-os a exercer uma profissão, ampliando suas habilidades de expressão e comunicação, estimulando sua criatividade e reforçando, assim, sua formação como cidadãos.

Telefone: (11) 3103-8062 | (11) 3103-8060

Rede Social: https://www.facebook.com/instituto.artenaescola

E-mail: premio@artenaescola.org.br

Fórum: https://www.artenaescola.org.br/forum/